Você está aqui: Capa » NOTÍCIAS » Região » Ação resulta em 4 bandidos presos e 4 mortos
02/08/2017

Ação resulta em 4 bandidos presos e 4 mortos

Durante operação, quatro policiais também ficaram feridos

Por Laís Fernandes
roubo

Créditos: Eliandro Figueira, Eduardo Turati e Giuliano Miranda (RIC/PMI)

INDAIATUBA | Na madrugada dessa quarta-feira, 2, uma grande quadrilha de São Paulo assaltou uma agência bancária de Indaiatuba, localizado na avenida Ario Barnabé. No decorrer da ocorrência houve tiroteio, sendo um no local do assalto e outro no bairro Colinas, em uma chácara que era usada como provável ponto de encontro da quadrilha. A ação resultou em quatro bandidos presos, quatro bandidos mortos, dois fugitivos e quatro policiais feridos; sendo dois da Guarda Civil e dois do G.E.R (Grupo Especial de Reação da Polícia Civil do Estado de São Paulo). A quadrilha no momento da fuga também fez uma senhora e uma criança de refém, mas ambas foram liberadas e passam bem. Valores da agência bancária foram levados, mas até o fechamento desta matéria não foram divulgados os detalhes.

A ocorrência teve início na madrugada, por volta das 3h30. Tudo começou quando a viatura da Guarda Civil foi alvejada pelos bandidos durante o patrulhamento. Os dois guardas foram atingidos pelos tiros. Um deles foi atingido no colete a prova de balas e no glúteo; o GC passou por cirurgia para retirada do projétil e não corre risco de morte. O segundo guarda também foi atingido no colete, teve ferimentos leves e foi liberado. Um caixa eletrônico foi aberto com maçarico e o dinheiro foi subtraído, em outro equipamento foi colocado explosivos, mas não chegaram ser acionados. Após efetuado o roubo na agência os ladrões trocaram tiros com os guardas civis e policias militares que prestavam apoio na ocorrência.

Os ladrões foram acompanhados até uma chácara no bairro Colinas, ondea quadrilha se deparou com o G.E.R (Grupo Especial de Reação da Polícia Civil do Estado de São Paulo) que estavam investigando a ação do bando e prepararam a abordagem no ponto de encontro dos bandidos. Neste local também aconteceu uma troca de tiros que resultou na morte de quatro bandidos. Dois policiais civis tiveram ferimentos leves. Outros dois bandidos pularam em uma chácara vizinha e fugiram com um Logan Prata. Outros dois ladrões invadiram outra chácara vizinha e cercados pelos homens do G.E.R e da Guarda Civil acabaram fazendo a moradora de refém.  A Guarda Civil foi acionada pelo 153 pela população por conta do tiroteio e deslocou várias viaturas ao local inclusive do G.A.P (Grupo de Apoio Preventivo) que participaram da ocorrência.

O G.E.R negociou a soltura dos reféns e por volta das 10h30 eles se renderam e soltaram as vítimas sem ferimentos. Outras duas pessoas foram presas por envolvimento com a quadrilha. Os presos foram direcionados para São Paulo e a ocorrência será apresentada na Capital Paulista pelo G.E.R. Os locais estão preservados pela polícia para os peritos da polícia técnico cientifica de Campinas. O GATE (Grupo de Ações Táticas Especiais) esteve presente na agencia bancaria e fez a recolha do artefato que não explodiu.