Você está aqui: Capa » Arquivos de Tag: denizart fonseca

Arquivos de Tag: denizart fonseca

Capivari e sua verdadeira história XXXI

01/12/2017 Capivari e sua verdadeira história XXXI ARTIGO | Prosseguindo o artigo anterior. Verificou-se então que somente para o ano seguinte seria possível a vinda do Padre Fabiano, provido por todo resto de 38 na direção da paróquia de Água Choca, com a qual se compromissara anteriormente. A capela, construída apressadamente há mais de 15 anos, necessitava de reparos, pelo ... Leia Mais »

Capivari e sua verdadeira história XXX

24/11/2017 Capivari e sua verdadeira história XXX Continuando sobre o ensino A escada era guardada na igreja, após os repiques. O toque para a abertura das aulas era geralmente feito por um dos alunos, e havia igualmente na igreja, guardado num dos cantos, um corpo de defunto que não apodrecera, “mumificando-se”, e que fora encontrado numa das escavações feitas naquele ... Leia Mais »

Capivari e sua verdadeira história XXIX

17/11/2017 Capivari e sua verdadeira história XXIX As vicissitudes do Ensino Público O ensino público foi sempre na monarquia, simplesmente deplorável, havendo, como bem escreveu Antonio Piza, “mais vontade do povo em aprender, que do Governo em ensinar”. Nada mais difícil do que obter, qualquer Vila ou Freguesia, a sua escola de primeiras letras, com o respectivo professor. Como os ... Leia Mais »

Capivari e sua verdadeira história XXVI

27/10/2017 Capivari e sua verdadeira história XXVI Prosseguindo E o Agente da Coletoria, com a renda prevista de 70$400, observava desolado ao final do exercício, que a receita dos impostos de Taberna “somavam tão somente a quantia de 3$200.” Em compensação os impostos das Lojas lhe proporcionaram melhor arrecadação: Eram de 12$800 por estabelecimento e havia na Vila 10 casas ... Leia Mais »

Capivari e sua verdadeira história XXV

20/10/2017 Capivari e sua verdadeira história XXV Tais os fatos que o Prefeito se apressava a levar ao conhecimento do Presidente da Província, dando-os como fruto da paixão política e da arbitrariedade. O Presidente da Província leu a papelada, o abaixo assinado da população capivariana, o Ofício da Câmara, a denúncia do Prefeito, e confirmando a frase que Feijó diria ... Leia Mais »

Capivari e sua verdadeira história XXIII

09/10/2017 Capivari e sua verdadeira história XXIII Prosseguindo Mas esta providência vital para o Município, estava justamente no caso de desagradar o Capitão José Corrêa Leite, e isto bastava – dizia ele -, para que ela não se efetuasse, tanto ele se fia no valimento que se recomenda ter em São Paulo o Prefeito desta, seu amigo e conivente. Apesar ... Leia Mais »

Capivari e sua verdadeira história XXI

22/09/2017 Capivari e sua verdadeira história XXI A Guarda Nacional Essa corporação, instituída em 1831, ficaria, no que se referia a Capivari, incluída na secção de Porto Feliz, dada a proximidade de ambas as Vilas. O Conselho de Qualificação Local, ficaria assim constituído: Estanislau de Campos e Arruda / Manoel José de Almeida Leme / José de Camargo Penteado / ... Leia Mais »

Capivari e sua verdadeira história XX

15/09/2017 Capivari e sua verdadeira história XX ARTIGO | Salvador Bonilha em uma das sessões, sugere a reforma da bica, alegando que ”sendo constante que das boas águas depende a salubridade de qualquer país”, era de encarregar-se o Fiscal a fim de que ele, “revendo as que existem nesta Vila, informe a esta Câmara qual acha melhor e com quanto ... Leia Mais »

Capivari e sua verdadeira história XIX

07/09/2017 Capivari e sua verdadeira história XIX ARTIGO | De posse desse bilhete, o Ajudante Ferraz passa a convocar os Vereadores, na qualidade de Presidente Substituto, mas novos bilhetes começam a chegar às suas mãos: “Por me achar atacado do estômago, escreve Saturnino, que me priva de calçar, sem sujeitar-me a fortes vertigens, não posso comparecer para a presente sessão”. ... Leia Mais »

Capivari e sua verdadeira história XVIII

01/09/2017 Capivari e sua verdadeira história XVIII ARTIGO | Prosseguindo ao artigo anterior: Em cumprimento do que informo à V. Exa.: 1º. – que não achei urgência nos quatro únicos ofícios que ele me mandou, já aberto e acompanhado de outro que incluso remeto a V. Excita., atendendo principalmente à proximidade das Sessões Ordinárias; 2º. – lembrando-me que este Vereador, ... Leia Mais »